Basicamente, qualquer um faz o que quer com qualquer documento.

Qualquer historiador sabe que um documento em si não prova nada – já dizia o Bátima no “Feira da Fruta”.
Sem interpretação e sem análise, os documentos não falam por si.

Esse truísmo deve ser expandido para “nem mesmo as mais elementares análises documentais são sempre clara e honestamente entendidas”, especialmente por quem sofre do vício de procurar um escândalo por trás de todo e qualquer evento.

Vide:

http://www1.folha.uol.com.br/livrariadafolha/924078-frio-e-comida-ruim-prejudicaram-acao-de-brasileiros-na-2-guerra.shtml

Afinal, em qual ponto do livro está escrito que os “pracinhas” tinham problemas de motivação para o combate?

Será possível algum dia simplesmente entender os eventos do passado, com todas suas contradições e complexidades, sem os alardes do sensacionalismo barato?

4 Respostas para “Basicamente, qualquer um faz o que quer com qualquer documento.”

  1. Lamentável essa analise da folha ! Perderam toda a credibilidade que eu tinha pela Folha com essa matéria.
    Eles fizeram essa analise da aonde ? De um comentário postado na internet ? No Livro cita que foi fatores encontrados pelos praças mas que não foi fator desmotivador de combate…

  2. Ararigboia Says:

    Lembro-me das resenhas da própria Folha e Estadão, há poucos anos. Eram feitas por autores contratados que só tratavam dos assuntos que realmente entendiam. Alguns leitores estão dispostos a pagar por qualidade editorial, e espero que o nível dos jornais impressos suba rapidamente aqui, neste país de democracia frágil em que a liberdade de expressão está sob constante ataque.

  3. É Cesar, o negócio está irritante… Sabe o que mais me choca? É que a FSP possui um dos melhores jornalistas sobre temas militares (Ricardo Bonalume), que escreveu sobre a FEB e mandam a matéria para um trainee qualquer? Difícil entender…

  4. Ararigboia Says:

    O que se faz hoje é uma reedição do velho “muckraking” americano.

    Um pouco de esforços da parte de terceiros teria evitado o vexame.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: